Publicidade

Proteção Civil: 43 novos bombeiros vão reforçar seis corporações do distrito de Coimbra

Estagiários prestaram provas este sábado para ingresso na carreira de bombeiro. Vão reforçar seis corporações do distrito de Coimbra

Gabriela Piedade, dos Bombeiros Voluntários de Penacova, foi uma das aspirantes que concluiu as provas com sucesso para ingresso no quadro activo da corporação

Foram 43 os estagiários que, no passado sábado, prestaram provas de ingresso na carreira de bombeiro e que agora vão integrar as corporações de voluntários de Coimbra (16), Brasfemes (10), Vila Nova Poiares (7), Góis (5), Penela (4) e Penacova (1).

José Armando Torres – Diário As Beiras

As avaliações consistiram num teste escrito e três provas práticas, após 225 horas de formação nas seguintes áreas: Organização do serviço de bombeiros (25); Tecnologias de base na atividade de bombeiro (25); Extinção de incêndios urbanos (iniciação, 50); Extinção de incêndios rurais (iniciação, 50); Sistema integrado de emergência médica (SIEM), abordagem à vítima e reanimação (25); Abordagem pré-hospitalar básica de emergências médicas e de trauma (25); Salvamento rodoviário (iniciação, 25). Seguem-se agora três meses de período probatório, até ao ingresso destes elementos como bombeiro de 3ª.

O período probatório será realizado em contexto de trabalho, com duração mínima de três meses a contar da data em que, concluído o curso de formação, o comandante requeira a prestação de provas de avaliação. O estagiário pode executar todas as atividades inerentes à categoria de bombeiro de 3.ª, em regime de complementaridade à equipa de socorro, sob acompanhamento e orientação do respetivo tutor, ou, nas suas faltas e impedimentos, do chefe da equipa onde esteja integrado.

Provas realizadas em duas corporações

As provas decorreram em dois corpos de bombeiros, Brasfemes e Vila Nova de Poiares. Os 43 elementos prestaram provas perante avaliadores nomeados pela Escola Nacional de Bombeiros (ENB), sendo o júri deste concurso presidido pelo Comandante Distrital de Operações de Socorro de Coimbra, um representante da ENB e o comandante do corpo de bombeiros do estagiário.

“Bombeiros do distrito mais ricos”

Segundo Carlos Luís Tavares, Comandante Distrital de Operações de Socorro de Coimbra (CODIS), “os bombeiros do distrito de Coimbra estão mais ricos com 43 novos bombeiros”. “Os estagiários demonstraram conhecimento e estamos perante um bom grupo de bombeiros”, acrescentou o responsável ao jornal. Para Carlos Luís Tavares, trata-se de “jovens qualificados, que vêm fortalecer a família dos bombeiros e da Proteção Civil. Está dado o início na carreira de bombeiro, agora há que continuar a adquirir conhecimentos e a praticar muito”. A terminar, o CODIS diz que “o saber é crucial, o saber fazer é fundamental. Agora, compete a estes jovens quererem ser melhores e marcarem a diferença na proteção das pessoas e dos seus bens praticando gestos que salvam”

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

NOTÍCIAS MAIS RECENTES