Na visita ao Caneiro, na passada semana, a equipa da CDU recebeu algumas sugestões e reclamações e diversas propostas de obras e intervenções para a valorização da localidade, para o reforço da segurança e para a melhoria da qualidade de vida de quem aqui vive.
Entre essas reclamações e pedidos, está o caminho do Serrado e a falta de saneamento básico de algumas casas que ainda estão sem ele, questão que já foi apresentado na Assembleia Municipal há cerca de 8 anos e posteriormente na Assembleia de Freguesia.
Há 18 anos, após uma reunião com a população do Caneiro, a CDU desenvolveu um conjunto de ações, reclamações e propostas, que levariam à instalação da rede de saneamento.
Graças a essa nossa ação, o Caneiro seria a primeira localidade da freguesia, a seguir a Lorvão, a ter o saneamento básico.
Todas as propostas merecerão a atenção dos candidatos e o nosso compromisso de que com eles não cairão em “saco roto”, como se diz por aqui.
Os candidatos não percebem como é que, passados tantos anos, nem mais um metro de conduta se tenha construído e nem mais uma casa tenha sido servida desta infraestrutura!
Nem no Caneiro, nem em S. Mamede onde ficaram sem saneamento as zonas das Saladas e metade da Rua da Cruz, nem mesmo na Rebordosa, onde o saneamento não chegou ao Bacêlo, nem à Rua dos Trindades e nem sequer o aluimento que se deu na Rua do Linhar conseguiram reparar.
E Paradela? Nem um metro de saneamento construído ou previsto, apesar de ter a ETAR de Lorvão pronta para o receber, programada para 2.000 habitantes, para servir as povoações de Lorvão, Lavatodos, Paradela, assim como do Hospital de Lorvão.
Podem inventar as desculpas que quiserem, mas com a CDU na Junta de Freguesia, as populações podem contar que este assunto estará sempre na ordem do dia nas reuniões que tiverem com a Câmara Municipal.
Pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui