Publicidade

David Gonçalves de Almeida

José da Fonte, Carlos Fonseca e José Antônio Duarte – foto Arquivo Jornal de Penacova

Há cerca de 20 anos, um biólogo, um geógrafo e um artista plástico, penacovenses, sistematizaram muito dos conhecimentos adquiridos na sua formação académica e prática, reforçada, sem dúvida pela própria ligação muito afectiva a este território, e produziram uma interessante síntese sobre as riquezas com que o nosso concelho foi bafejado pela Mãe-Natureza.

Carlos Fonseca, José António Duarte e José da Fonte são os autores desta pequena brochura (19 páginas) publicada pelo Município em 2002. Edição que tem uma particularidade: foi impressa também em Francês (Penacova: un cadre naturel) e em Inglês (Penacova: a natural setting).

O concelho de Penacova possui – sublinham os autores – uma “notável diversidade biológica” e uma “peculiar distribuição geográfica”.

Este livro aborda os aspectos geomorfológicos assinalando que o Complexo Xisto-Grauváquico (formado há 500 milhões de nos) ocupa metade da área concelhia, sendo a outra parte formada essencialmente por Quartzitos.

Ao nível do coberto vegetal podemos ainda encontrar desde núcleos de vegetação original como o Louro (Laurus nobilis) e o Azevinho (Ilex aquifolium) até zonas onde predominam espécies exóticas: o Cipreste do Buçaco (Cupressus lusitanica)  e a Acácia (Acacia spp.)

O livro refere também as espécies animais a nível de mamíferos, de pássaros e de répteis. Entre muitos outros, a raposa vermelha (Vulpes vulpes), o javali (Sus scrofa), a coruja-das-torres (Tyto alba), a cobra-rateira (Malpolon nonspessulanus).

A nível de hidrologia os autores dão-nos nota das diversas ribeiras que cruzam o concelho e dos rios que o banham: o Alva e o Mondego.

O livro termina com uma mensagem de sensibilização ambiental: o respeito pelo ambiente, a preservação das espécies e o “gosto” pela Natureza.


BIBLIOTECA NACIONAL DE PORTUGAL / FICHA BIBLIOGRÁFICA

“Penacova: um quadro natural” / Carlos Fonseca, José António Duarte, José da Fonte ; fot. Carlos Fonseca. – Penacova : Câmara Municipal, 2002. – 16 p. : il. ; 24 cm

 

Publicidade

Artigo anteriorQuase 50 mil alunos colocados na primeira fase do acesso ao ensino superior
Próximo artigoCampanha “Cinto-me Vivo” para alertar para uso de dispositivos de segurança arranca 2ª feira

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui