Publicidade

O Prémio Boas Práticas do Voluntariado Jovem é parte integrante da área do Voluntariado Jovem do IPDJ, I.P. cuja finalidade é selecionar, de entre os Programas de Voluntariado nomeadamente o Programa Geração Z e Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas

O Júri constituído pela Diretora Regional do Centro do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), Catarina Durão, pelo Diretor do INATEL de Coimbra, Bruno Paixão e pela Diretora do Centro de Respostas Integradas de Viseu, Patrícia Monteiro, após apreciação das candidaturas e respetiva apresentação presencial realizada no passado dia 25, nos Serviços Regionais de Viseu, decidiu atribuir os Prémios Boas Práticas Voluntariado Jovem 2022:

1º Prémio: Centro Cultural e Recreativa de Aguada de Baixo, com o projeto “Gente da Minha Terra”, no âmbito da Geração Z, do distrito de Aveiro;

2º Prémio: InPulsar – Associação para Desenvolvimento Comunitário, com o projeto “InPulso Jovem”, no âmbito da Geração Z, do distrito de Leiria;

3ª Prémio: APROFFAL – Associação de Produtores Florestais de Fornos de Algodres, com o projeto “Floresta Encantada I”, no âmbito do Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas, do distrito da Guarda.  

Foi ainda decisão do Júri atribuir as Menção Honrosas às candidaturas dos Municípios:

Câmara Municipal da Mealhada, com o projeto “Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas”, no âmbito do Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas, distrito de Aveiro;

Junta de Freguesia de Santiago de Besteiros, com o projeto “+Floresta em Santiago de Besteiros”, no âmbito do Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas, distrito de Viseu;

Junta de Freguesia de Lordosa, com o projeto ” Promover práticas de sustentabilidade na floresta de Lordosa”, no âmbito do Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas, distrito de Viseu.

O Prémio Boas Práticas do Voluntariado Jovem é parte integrante da área do Voluntariado Jovem do IPDJ, I.P. cuja finalidade é selecionar, de entre os Programas de Voluntariado nomeadamente o Programa Geração Z e Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas, a entidade com o projeto apoiado pelo IPDJ, I.P. que apresenta a melhor prática de voluntariado jovem, a que teve mais impacto na comunidade e que observa em plenitude os objetivos traçados para o desenvolvimento desta área de atuação do IPDJ.

 

Publicidade

Artigo anteriorPenacova quer atrair novos investimentos com alteração do PDM
Próximo artigoGrupo Mãos Solidárias de Penacova e Associação Musical Sons do Mondego lançam campanha “Natal Solidário”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui