Publicidade

As autoridades acreditam que o óbito ocorreu há cerca de 8 dias.

De acordo com a notícia avançada pelo jornal Notícias de Coimbra, foi encontrada hoje uma mulher já sem vida, na casa onde vivia em Palmazes, Sazes do Lorvão. A idosa com 73 anos, jazia no chão da cozinha da casa onde vivia, já em estado de decomposição, acreditando as autoridades que o óbito ocorreu há cerca de 8 dias. A idosa viva sozinha, sendo que a filha vivia em Coimbra e o filho em França.

Publicidade

Em declarações ao jornal, o comandante dos Bombeiros Voluntários, Vasco Viseu, referiu que “a filha da idosa, que vivia em Coimbra, estava a tentar contactar com a sua mãe desde o princípio da semana, mas sem sucesso, até que decidiu ir até à casa onde viva a sua progenitora, uma vez que a vítima fazia anos amanhã, dia 3 de fevereiro”.

O comandante dos bombeiros adiantou ao jornal que “era habitual a senhora não atender o telefone, mas que mãe e filha falavam regularmente. Só que, o telemóvel da defunta deve ter ficado sem bateria e a filha deslocou-se até à casa da mãe para saber o que se passava”.

O jornal refere que o alerta para a ocorrência foi dado para a Rua Principal, da localidade de Palmazes, Sazes do Lorvão, Penacova

De acordo com a notícia, no local estiveram elementos dos Bombeiros Voluntários de Penacova e uma equipa com uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) tendo o cadáver foi transportado para o Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses.

Publicidade

Artigo anteriorMunicípio de Penacova recebe competências na área social
Próximo artigoTrinta guias-intérpretes de todo país terminaram curso no Mosteiro de Lorvão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui